Tratamento de pseudoaneurismas femorais com tumescência: uma revisão sistemática da literatura

Authors

  • Adriana Figueiredo Serviço de Angiologia e Cirurgia Vascular, Hospital de Santa Marta, Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central, Lisboa, Portugal https://orcid.org/0000-0002-6602-5193
  • Frederico Bastos Gonçalves Serviço de Angiologia e Cirurgia Vascular, Hospital de Santa Marta, Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central; Lisboa, Portugal; b NOVA Medical School-Faculdade de Ciências Médicas, NMS-FCM, Universidade Nova de Lisboa; Lisboa, Portugal https://orcid.org/0000-0002-9825-9007
  • Nelson Camacho Serviço de Angiologia e Cirurgia Vascular, Hospital de Santa Marta, Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central, Lisboa, Portugal https://orcid.org/0000-0002-8185-8281
  • Joana Cardoso Serviço de Angiologia e Cirurgia Vascular, Hospital de Santa Marta, Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central, Lisboa, Portugal https://orcid.org/0000-0001-7228-9366
  • Tiago Ribeiro Serviço de Angiologia e Cirurgia Vascular, Hospital de Santa Marta, Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central, Lisboa, Portugal https://orcid.org/0000-0001-9207-5226
  • Helena Fidalgo Serviço de Angiologia e Cirurgia Vascular, Hospital de Santa Marta, Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central, Lisboa, Portugal https://orcid.org/0000-0002-3757-8434
  • Maria Emília Ferreira Serviço de Angiologia e Cirurgia Vascular, Hospital de Santa Marta, Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central, Lisboa, Portugal

DOI:

https://doi.org/10.48750/acv.440

Keywords:

Pseudsoaneurisma iatrogénico, Pseudsoaneurisma femoral, injeção salina per-aneurismática, tumescência

Abstract

INTRODUÇÃO: Com o crescente uso das técnicas endovasculares, seja para fins diagnósticos ou terapêuticos, o pseudoaneurisma iatrogénico da artéria femoral é uma complicação cada vez mais frequente. A par deste aumento de incidência foram surgindo alternativas à cirurgia convencional para o seu tratamento, nomeadamente soluções percutâneas e endovasculares. Em 2003 foi descrito pela primeira vez um novo método minimamente invasivo, rápido e de baixo custo: a oclusão percutânea com tumescência através da injeção peri-aneurismática eco-guiada de soro fisiológico.

OBJETIVO: Este trabalho tem como principal objetivo analisar a literatura existente e comparar os protocolos utilizados pelos diferentes autores que descreveram este método, a fim de avaliar a sua eficácia, segurança e os outcomes a curto e longo-prazo, bem como a possível utilização deste procedimento nos serviços de Angiologia e Cirurgia Vascular.

MÉTODOS: A revisão foi conduzida segundo a metodologia PRISMA. Foi realizada uma pesquisa nas bases de dados PubMed/MEDLINE e ClincalKey de forma a identificar todas as publicações focadas no tratamento de pseudoaneurismas femorais iatrogénicos com tumescência. Não foram aplicadas quaisquer restrições de busca. Apenas foram consideradas publicações originais em revistas científicas com revisão por pares.

RESULTADOS: Foram incluídos cinco trabalhos originais. Três consistem em séries de casos com a descrição do protocolo utilizado, as características dos pseudoaneurismas e resultados. Apenas um trabalho comparou a tumescência com outra técnica - a compressão eco-guiada. Um outro consistiu num estudo coorte em que foram analisadas diferentes características dos pseudoaneurismas por forma a perceber a sua relação com a taxa de sucesso e insucesso. Todos os trabalhos mostraram uma alta taxa de sucesso imediato e às 24h pós- procedimento (entre 87,5% e 100%), à exceção de um trabalho que diferiu de todos os outros, uma vez que não foi utilizada anestesia local peri-procedimento. Neste trabalho verificou-se uma taxa de sucesso de apenas 43% às 24h, apesar de uma taxa de sucesso de 100% imediatamente após o tratamento.

CONCLUSÃO: Comparando a injeção de solução salina peri-aneurismática com as outras opções, este método apresenta vantagens: é uma alternativa simples, rápida e barata que pode ser realizada à cabeceira do doente, e está associada a alta taxa de sucesso, baixa taxa de recorrência e de complicações, segundo a literatura analisada. No entanto, são necessários estudos de maior dimensão, idealmente randomizados, para comprovar o custo- benefício e custo-eficácia em relação aos outros métodos, principalmente em relação à injeção de trombina, que é o procedimento atualmente aceite como gold standard no tratamento dos pseudoaneurismas femorais.

Downloads

Download data is not yet available.

References

Ahmad F, Turner SA, Torrie P, Gibson M. Iatrogenic femoral artery pseudoaneurysms—a review of current methods of diagnosis and treatment. Clin Radiol 2008;63:1310-6

Madia C. Management trends for postcatheterization femoral artery pseudoaneurysms. JAAPA,2019, 32:15-8

Stone PA, Campbell JE, AbuRahma, AF. Femoral pseudoaneurysms after percutaneous access. J Vasc Surg 2014;60:1359-66

Gehling G, Ludwig J, Schmidt A, Daniel WG, Werner D. Percutaneous occlusion of femoral artery pseudoaneurysm by para‐aneurysmal saline injection. Catheter Cardiovasc Interv 2003;58:500-4

Finkelstein A, Bazan S, Halkin A, Herz I, George J, Miller HI, Keren G, Banai S. Treatment of post-catheterization femoral artery pseudo-aneurysm with para-aneurysmal saline injection. Am J Cardiol 2008;101:1418-22

Hill G, Albayati S, Thomson I, Macfarlane J, Dutton S, van Rij, AM. Iatrogenic Pseudoaneurysms: Optimal Management and Treatment Options. J Vasc Ultrasound 2007;31:131–5

Périard D, Rey Meyer MA, Hayoz D, Cook S. Sealing pseudo-aneurysms of the femoral artery with saline injection: a new technique. EuroIntervention 2012;7: 1206-9

ElMahdy MF, Kassem HH, Ewis EB, Mahdy S. Comparison between ultrasound-guided compression and para-aneurysmal saline injection in the treatment of postcatheterization femoral artery pseudoaneurysms. Am J Cardiol 2014;113: 871-6

Giurgea GA, Mlekusch I, Hoke M, Carls A, Sabeti-Sandor S, Minar E, Mlekusch W. Percutaneous instillation of physiological saline solution for the treatment of femoral pseudoaneuryms. Wien Klin Wochenschr 2016;128:421-5

Jacobowitz G, Cayne NS - Lower Extremity Aneurysms. In Sidawy AN, Perler BA - Rutherford's Vascular Surgery and Endovascular Therapy. Philadelphia, United States: Elsevier 2018:1080-1082

Published

2023-01-07

How to Cite

1.
Figueiredo A, Bastos Gonçalves F, Camacho N, Cardoso J, Ribeiro T, Fidalgo H, Ferreira ME. Tratamento de pseudoaneurismas femorais com tumescência: uma revisão sistemática da literatura. Angiol Cir Vasc [Internet]. 2023 Jan. 7 [cited 2023 Jan. 28];18(3):186-90. Available from: https://acvjournal.com/index.php/acv/article/view/440

Issue

Section

Review Article