Doença cística adventicial da artéria popliteia: excisão sem reconstrução arterial

Authors

  • Tiago Soares Serviço de Angiologia e Cirurgia Vascular, Centro Hospitalar Universitário São João; Departamento de Cirurgia e Fisiologia, Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, Portugal
  • Paulo Dias Serviço de Angiologia e Cirurgia Vascular, Centro Hospitalar Universitário São João; Departamento de Cirurgia e Fisiologia, Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, Portugal
  • Sérgio Sampaio Serviço de Angiologia e Cirurgia Vascular, Centro Hospitalar Universitário São João; CINTESIS – Center of Health Technology and Services Research, Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, Portugal
  • José Teixeira Serviço de Angiologia e Cirurgia Vascular, Centro Hospitalar Universitário São João, Portugal

DOI:

https://doi.org/10.48750/acv.460

Keywords:

Doença cística da adventícia, claudicação, doença vascular não aterosclerótica, artéria poplítea

Abstract

INTRODUÇÃO: A doença cística da adventícia é uma condição vascular rara e que afeta na maioria dos casos a artéria poplítea. Habitualmente cursa com claudicação intermitente durante o exercício.

CASO CLÍNICO: Descreve-se um caso clínico de uma doente com doença cística da adventícia da artéria poplítea. A apresentação clínica foi sob a forma de claudicação intermitente gemelar direita. Procedeu-se ao tratamento cirúrgico, por abordagem posterior, com exérese do quisto mantendo a integridade da parede luminal. Assim, não se verificou a necessidade de reconstrução arterial.

DISCUSSÃO: Possíveis etiologias incluem traumatismo, doença sistémica, doença sinovial ou alterações do desenvolvimento embrionário. O tratamento depende do vaso afetado e a remoção do quisto com preservação ou substituição arterial tem apresentado resultados promissores. O seguimento a longo prazo é mandatório, atendendo ao risco de recidiva.

Downloads

Download data is not yet available.

References

Min SK, Han A, Min S, Park YJ. Inconsistent Use of Terminology and Different Treatment Outcomes of Venous Adventitial Cystic Disease: A Proposal for Reporting Standards. Vasc Specialist Int. 2020;36:57-65.

Smith JL, Hariri N, Oriowo B, Lurie F. Cystic adventitial disease of the popliteal artery presenting with features of entrapment syndrome. J Vasc Surg Cases Innov Tech. 2020;6:75-79.

Lezotte J, Le QP, Shanley C, Hans S. Adventitial Cystic Disease: Complicated and Uncomplicated. Ann Vasc Surg. 2018;46:370.e13-5

Allemang MT, Kashyap VS. Adventitial cystic disease of the popliteal artery. J Vasc Surg. 2015;62:490

Published

2022-09-11

How to Cite

1.
Soares T, Dias P, Sampaio S, Teixeira J. Doença cística adventicial da artéria popliteia: excisão sem reconstrução arterial. Angiol Cir Vasc [Internet]. 2022 Sep. 11 [cited 2022 Dec. 8];18(2):95-7. Available from: https://acvjournal.com/index.php/acv/article/view/460

Issue

Section

Clinical Case