Abdominal Aortic Aneurysm - Demographic distribution and oucome evaluation over an 8 year period - Can it help raise awareness in primary health care institutions?

  • Andreia Coelho Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia e Espinho, Servic¸o de Angiologia e Cirurgia Vascular, Vila Nova de Gaia, Portugal
  • Miguel Lobo Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia e Espinho, Servic¸o de Angiologia e Cirurgia Vascular, Vila Nova de Gaia, Portugal
  • Ricardo Gouveia Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia e Espinho, Servic¸o de Angiologia e Cirurgia Vascular, Vila Nova de Gaia, Portugal
  • Pedro Sousa Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia e Espinho, Servic¸o de Angiologia e Cirurgia Vascular, Vila Nova de Gaia, Portugal
  • Jacinta Campos Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia e Espinho, Servic¸o de Angiologia e Cirurgia Vascular, Vila Nova de Gaia, Portugal
  • Rita Augusto
  • Alexandra Canedo Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia e Espinho, Servic¸o de Angiologia e Cirurgia Vascular, Vila Nova de Gaia, Portugal

Abstract

Introduc¸ão: A rotura de um aneurisma aorta abdominal (AAA) é uma emergência cirúrgica com uma taxa de mortalidade estimada em 65-85%. A cirurgia aberta tem uma elevada morbimortalidade, cerca de 40-60%. No entanto, o rEVAR (Ruptured Endovascular Aneurysm Repair) não é consensual dada a ausência de evidência nível A. O rastreio de AAA é custo efetivo em doentes do sexo masculino, com idade superior a 65 anos, com uma reduc¸ão de 44% na mortalidade específica por AAA. Este estudo retrospetivo teve 2 objetivos principais. Em primeiro lugar, a avaliac¸ão global dos cuidados prestados no tratamento desta patologia no nosso centro. Em segundo lugar, pretendeu-se avaliar a amostra de aneurismas urgentes e eletivos tratados, e comparar a distribuic¸ão dessa amostra pelas diferentes regiões da nossa área de referenciac¸ão com o objetivo de sensibilizar os cuidados de saúde primários para esta patologia, para o seu mau prognóstico quando tratado em contexto de rotura e para a importância do rastreio de base populacional e do controlo de fatores de risco cardiovasculares, de forma a contribuir para uma diminuic¸ão da mortalidade específica por AAA. Métodos: Foram selecionados todos os doentes submetidos a tratamento de AAA entre 2007- 2014, quer em contexto urgente quer eletivo no nosso centro. Resultados: Durante o período estudado, foram realizados 155 procedimentos de reparac¸ão de AAA eletivos, 108 por cirurgia aberta e 47 por EVAR (Endovascular Aneurysm Repair). A taxa de mortalidade a 30 dias foi 1,3%. Foram realizados 51 procedimentos de reparac¸ão urgente de AAA em rotura (46 cirurgia aberta, 5 EVAR). Constatou-se uma taxa de mortalidade intraoperatória de 15,7% e uma taxa de mortalidade precoce de 47%. Considerando a área de distribuic¸ão geográfica da populac¸ão estudada, identificaram-se assimetrias consideráveis na distribuic¸ão da amostra de AAA urgentes e eletivos. Conclusões: O outcome dos doentes tratados na nossa instituic¸ão é sobreponível aos dados divulgados na literatura. Avaliou-se a distribuic¸ão regional por concelhos da amostra tratada no nosso centro com o objetivo de avaliar tendências na nossa amostra e, assim, enfatizar os casos de AAA tratados de forma urgente pertencentes a cada área regional de cada centro de saúde e, assim, incentivar o envolvimento ativo dos cuidados de saúde primários, quer no rastreio de AAA quer no tratamento, através de controlo de fatores de risco cardiovasculares nesses doentes.

Published
Dec 13, 2016
How to Cite
COELHO, Andreia et al. Abdominal Aortic Aneurysm - Demographic distribution and oucome evaluation over an 8 year period - Can it help raise awareness in primary health care institutions?. Angiologia e Cirurgia Vascular, [S.l.], v. 12, n. 3, p. 187-193, dec. 2016. ISSN 2183-0096. Available at: <http://acvjournal.com/index.php/acv/article/view/5>. Date accessed: 19 oct. 2017.
Section
Original Article